sexta-feira, 31 de julho de 2015

Polícia francesa impede imigrantes de entrar na área do Eurotúnel

Polícia francesa impede imigrantes de entrar na área do Eurotúnel
Policiais montaram barreira para barrar aproximação de 200 pessoas.
Milhares já tentaram chegar à Inglaterra por túnel sob Canal da Mancha.
Da France Presse
FACEBOOK
 Policiais franceses fazem bloqueio para impedir a entrada de imigrantes ilegais no Eurotunel em Coquelles, perto de Calais, na noite de quinta (30) (Foto: AFP Photo/Philippe Huguen)
Policiais franceses fazem bloqueio para impedir a entrada de imigrantes ilegais no Eurotunel em Coquelles, perto de Calais, na noite de quinta (30) (Foto: AFP Photo/Philippe Huguen)
A polícia francesa impediu na noite desta quinta-feira (30) que um grupo de 200 imigrantes entrasse nas instalações do Eurotúnel em Calais, no norte da França, com o objetivo de chegar à Grã-Bretanha, constatou a AFP no local.



saiba mais
Imigrantes tentam entrar no Reino Unido pelo Eurotúnel pela 3ª noite
Homem morre ao tentar entrar no terminal do Eurotúnel na França
Nova invasão de túnel aprofunda crise de imigrantes no Canal da Mancha
Cerca de 2 mil imigrantes tentaram entrar no Eurotunnel
Imigrantes tentam entrar no Eurotúnel e paralisam operações
Os imigrantes começaram a correr por volta das 21 horas (16 horas em Brasília) em direção às linhas de trem, em grupos e de maneira desordenada, com o objetivo de driblar a polícia, mas acabaram bloqueados pelos agentes.
Um grupo de 15 imigrantes que conseguiu escapar do primeiro bloqueio foi cercado por policiais a cerca de 100 metros do primeiro ponto, e teve que retroceder.
Por volta da 1 hora (20 horas de quinta em Brasília), numerosos carros da polícia patrulhavam a zona a procura dos últimos imigrantes, que abandonaram progressivamente o local.
No início da tarde desta quinta, ao menos 50 imigrantes conseguiram chegar às linhas férreas, apesar do importante dispositivo policial mobilizado.
O túnel sob o Canal da Mancha é palco, há semanas, de tentativas de invasão de imigrantes dispostos a chegar à Grã-Bretanha em busca de melhores condições de vida.
A situação por vezes se torna dramática, como ocorreu na madrugada de quarta-feira, quando um jovem sudanês clandestino foi atropelado por um caminhão e morreu.
Desde o início de junho, nove pessoas já morreram na tentativa de cruzar o canal.
tópicos:
França, Inglaterra

Sem comentários:

Publicar um comentário