Balão militar se solta e é acompanhado por caças nos EUA

Objeto voador faz parte de sistema de detecção de veículos e mísseis.
Caças F-16 acompanham seu voo para garantir segurança.



Um balão militar se soltou do solo no estado de Maryland e está sendo acompanhado por dois caças F-16 sobre o estado da Pensilvânia na tarde desta quarta-feira (28), informam veículos locais como Fox News, ABC News e o "Baltimore Sun". O objeto está arrastando cerca de 2 mil metros de cabo, informa a imprensa.
O balão -- tecnicamente um aeróstato cativo (amarrado ao solo por um cabo) -- compõe um sistema de detecção de veículos aéreos, marinhos e terrestres do Exército americano chamado JLENS.
Ele é produzido pela empresa Raytheon e tem 74 metros de comprimento. Funciona como um radar para proteger a área da capital Washington contra eventuais ataques. Cheio de gás hélio, fica suspenso no ar por até 30 dias seguidos, fazendo um tipo de monitoramento que, do contrário, teria de ser feito por aviões, a um custo muito maior.

29 de Outubro - São Narciso

Os textos que foram retirados de obras da Paulinas e as ilustrações, criadas exclusivamente para serem utilizadas neste site, estão protegidos pela Lei dos Direitos Autorais. Para a sua utilização, é obrigatória a inserção de crédito com o link http://www.paulinas.org.br/diafeliz/?system=santo&id=421#ixzz3ptkFdjc4
para acesso ao site.

Não faltam informações sobre este longevo bispo de Jerusalém: Eusébio dedica um inteiro capítulo de sua História eclesiástica aos milagres realizados pelo santo — dentre os quais, o mais conhecido foi o de transformar a água em azeite para alimentar as lamparinas da igreja.

Por Eusébio, ficamos sabendo que Narciso foi o 15º bispo de Jerusalém e presidiu o sínodo no qual se decidiu, entre outras resoluções, uniformizar com base na Igreja de Roma a data da celebração da Páscoa. As inovações não agradaram a todos; talvez por causa dessa sua iniciativa, alguém tenha cogitado em dele se desembaraçar, tramando para tal uma acusação infamante.

Narciso não julgou oportuno defender-se e, para não dividir a própria comunidade em inocentistas e culpabilistas, preferiu desaparecer da sociedade. Foi viver como eremita perto do deserto, até que uma das testemunhas que havia jurado em falso decidiu dizer a verdade. Mas tinham-se passado já muitos anos desde o desaparecimento de Narciso, e os cristãos de Jerusalém, considerando-o morto, elegeram um novo bispo.

Com estupor, mas também com grande alegria, viram-no reaparecer e rogaram-lhe que retomasse seu posto. Narciso aceitou, mas quis ter a seu lado um coadjutor escolhido por ele. Assim pôde confiar a cura pastoral ao amigo Alexandre, então bispo na Capadócia, que ficou junto dele nos seus últimos dez anos de vida.

Por meio de uma carta do bispo Alexandre aos fiéis de Antínoe, no Egito, ficamos sabendo da longevidade de Narciso. Nela se lê: “Saúda-vos Narciso, que antes de mim ocupou esta sede episcopal e, agora, está colocado na mesma categoria que eu nas orações. Ele agora completou 116 anos e vos exorta, como eu, à concórdia”.


18 de Outubro - São Lucas Evangelista (século I)




Um escrito do século II, que estudos recentes consideram historicamente verídico, sintetiza do seguinte modo o perfil desse santo evangelista: “Lucas, um sírio de Antioquia, médico de profissão, discípulo dos apóstolos, mais tarde seguiu são Paulo até a confissão (martírio) deste. Serviu irrepreensivelmente ao Senhor, jamais tomou mulher, nem teve filhos. Morreu aos 84 anos, na Boécia, cheio do Espírito Santo”.

18 de Outubro - São Lucas Evangelista (século I)
18 de Outubro - São LucasEvangelista (século I)
Das notas de viagem, isto é, dos Atos dos Apóstolos, no qual Lucas fala na primeira pessoa, apreendemos todas as notícias que a ele dizem respeito, além de breves acenos nas cartas de são Paulo — apóstolo ao qual, mais do que a qualquer outro, estava ligado por fraterna amizade.

“Saúda-vos Lucas, médico amado”, lê-se na Carta aos Colossenses. A profissão de médico pressupõe uma boa cultura. Realmente, em seus escritos, revela-se um homem culto, com inclinações artísticas e bons dotes literários. Com são Paulo, realizou a segunda viagem missionária de Trôade a Filipos, por volta do ano 50. Em Filipos, deteve-se um par de anos para consolidar o trabalho do Apóstolo, após o qual voltou a Jerusalém.

Foi de novo companheiro de viagem de são Paulo e, com ele, compartilhou a prisão em Roma. Os cristãos orientais atribuem ao “médico pintor”, Lucas, numerosos quadros representando a Virgem. Em seu evangelho, escrito em um grego fluente e límpido, Lucas traça a biografia da Virgem e fala da infância de Jesus. Revela-nos os íntimos segredos da Anunciação, da Visitação e do Natal, fazendo-nos entender que conheceu pessoalmente a Virgem, a ponto de alguns exegetas considerarem que tenha sido Maria quem lhe transcreveu o Magnificat. É Lucas mesmo quem afirma ter feito pesquisas e pedido informações sobre fatos relativos à vida de Jesus junto àqueles que deles foram testemunhas. Só Maria podia ser testemunha da Anunciação e dos fatos que se seguiram.

Lucas conhecia os evangelhos de Mateus e Marcos quando começou a escrever o seu, antes do ano 70. Julgava que, ao primeiro, faltava uma certa ordem no desenvolvimento dos fatos, e considerava o segundo por demais conciso.

Como diligente estudioso, Lucas, depois de ter documentado escrupulosamente as notícias da vida de Jesus “desde o início”, quis narrá-la novamente de forma ordenada, de modo que os fatos e ensinamentos progredissem "pari passu" como a realidade.

Deu prova da mesma agradável fluência narrativa também na redação dos Atos dos Apóstolos.
Três cidades se ufanam de conservar suas relíquias: Constantinopla, Pádua e Veneza.

SANTO DO DIA 16 OUTUBRO

16 de Outubro - Santa Edwiges
Religiosa (1174-1243)



Nobre, Edwiges nasceu em 1174, na Bavária, Alemanha. Ainda criança, já mostrava mais apego às coisas espirituais do que às materiais, apesar de dispor de tudo o que quisesse comprar ou possuir. Em vez de divertir-se em festas da Corte, preferia manter-se recolhida para rezar.

Aos 12 anos, como era convencionado nas casas reais, foi dada em casamento a Henrique I, duque da Silésia e da Polônia. Ela obedeceu aos pais e teve com o marido sete filhos. Quando completou 20 anos, e ele 34, sentiu o chamado definitivo ao seguimento de Jesus. Conversou com o marido e decidiram manter, dentro do casamento, o voto de abstinência sexual.

Edviges (1174-1243)Edwiges entregou-se, então, à piedade e caridade. Guardava uma pequena parte de seus ganhos para si e o resto empregava em auxílio ao próximo. Quando descobriu que muitas pessoas eram presas porque não tinham como saldar suas dívidas, passou a ir pessoalmente aos presídios para libertar tais encarcerados, pagando-lhes as dívidas com seu próprio dinheiro. Depois, ela também lhes conseguia um emprego, de modo que pudessem manter-se com dignidade.

Construiu o Mosteiro de Trebnitz, na Polônia, ajudou a restaurar os outros e mandou erguer inúmeras igrejas. Desse modo, organizou uma grande rede de obras de caridade e assistência aos pobres. Além disso, visitava os hospitais constantemente, para, pessoalmente, cuidar e limpar as feridas dos mais contaminados e leprosos. Mas Edwiges tinha um especial carinho pelas viúvas e órfãos.

Veio, então, um período de sucessivas desventuras familiares. Num curto espaço de tempo, assistiu à morte, um a um, dos seus seis filhos, ficando viva apenas a filha Gertrudes. Em seguida, foi a vez do marido. Henrique I fora preso pelos inimigos num combate de guerra e, mesmo depois de libertado, acabou morrendo, vitimado por uma doença contraída na prisão.

Viúva, apesar da dura provação, Edwiges continuou a viver na virtude. Retirou-se e ingressou no convento que ela própria construíra, do qual a filha Gertrudes se tornara abadessa. Fez os votos de castidade e pobreza, a ponto de andar descalça sobre a neve quando atendia suas obras de caridade. Foi nessa época que recebeu o dom da cura, e operou muitos milagres, em cegos e outros enfermos, com o toque da mão e o sinal da cruz.

Com fama de santidade, Edwiges morreu no dia 15 de outubro de 1243, no Mosteiro de Trebnitz, Polônia. Logo passou a ser cultuada como santa, e o local de sua sepultura tornou-se centro de peregrinação para os fiéis cristãos. Em 1266, o papa Clemente IV canonizou-a oficialmente. A Igreja designou o dia 16 de outubro para a celebração da sua festa litúrgica. O culto a santa Edwiges, padroeira dos pobres e endividados, é muito expressivo ainda hoje em todo o mundo católico e um dos mais difundidos do Brasil.

bolos e tortinhas do marcos confia agora e peça ja a sua

















Comemoração Do Dia Das Crianças Em Pindobinnha bom jardim pe 12 - 10 - 2015 festa 12 de outubro 2015

Foi com grande alegria que hoje recebi em minha residência, a presença de várias crianças de minha comunidade, também quero agradecer aos meus amigos pois eu sozinho jamais teria conseguido coloca em pratica por mais um ano essa singela festa em homenagem ao dia das crianças, tive o apoio de grandes amigos parceiros de todas as horas, o amigo Donato e também João Lira, que assim também tiveram sua grande parcela de contribuição, para este dia. Agradeço também ao meu amigo e dono do blog Pedra Fina Notícias, Severino Barbosa pela cobertura fotográfica. A todos que se fizeram presentes o meu muito obrigado, As crianças um feliz e abençoado dia das crianças, que Nossa Senhora Aparecida proteja a todos nos...
Texto: José Isaac
Fotografias: Severino Barbosa;






















08/10 As bem-aventuranças Felizes são os pobres com espírito E aqueles que compartem com os pobres Os riscos e a esperança, Porque eles têm o reino em suas vidas! Contrariamente a toda propaganda De produtos que dão felicidade,

08/10 As bem-aventuranças Felizes são os pobres com espírito  E aqueles que compartem com os pobres  Os riscos e a esperança,  Porque eles têm o reino em suas vidas! Contrariamente a toda propaganda  De produtos que dão felicidade,   Felizes os aflitos,  Porque eles sentirão em suas cruzes  A ternura de Deus que é pai e mãe!  Felizes os que sabem vencer-se,  Na conquista da mansidão diária:  A terra será deles!   Felizes são aqueles que são justos  E buscam a justiça  E a defendem e a forjam  E sentem fome e sede  Da justiça do reino:  O reino saciará sua utopia!   Felizes os que têm misericórdia  E não deixam passar um sofrimento  Sem achegar-se dele  E nele derramar-se, no óleo e no vinho: Eles encontrarão misericórdia!   Felizes os que trazem  Um coração sincero  E limpo seu olhar:  Mesmo na noite escura  Eles verão a Deus!  Filhos do Deus da paz,  Irmãos daquele que é a nossa paz,   Felizes os que lutam em paz e pela paz,  Os construtores  Da estranha paz do reino:  Deles é o shalom, o axé, a paz!   Felizes sois todos os perseguidos Por causa da justiça,  Nas lutas pela terra do campo e da cidade, Nas lutas do trabalho,  Nas lutas pela vida.   Felizes vós, profetas,  Malditos do sistema,  Pichados pela ordem,  Jogados no escanteio do templo e do pretório   Felizes, alegrai-vos, o reino já é vosso! Felizes são os pobres,  Os meus pobres,  Os herdeiros do reino!    Pedro Casaldáliga08/10 As bem-aventuranças
Felizes são os pobres com espírito
E aqueles que compartem com os pobres
Os riscos e a esperança,
Porque eles têm o reino em suas vidas! Contrariamente a toda propaganda
De produtos que dão felicidade,

Felizes os aflitos,
Porque eles sentirão em suas cruzes
A ternura de Deus que é pai e mãe!
Felizes os que sabem vencer-se,
Na conquista da mansidão diária:
A terra será deles!

Felizes são aqueles que são justos
E buscam a justiça
E a defendem e a forjam
E sentem fome e sede
Da justiça do reino:
O reino saciará sua utopia!

Felizes os que têm misericórdia
E não deixam passar um sofrimento
Sem achegar-se dele
E nele derramar-se, no óleo e no vinho: Eles encontrarão misericórdia!

Felizes os que trazem
Um coração sincero
E limpo seu olhar:
Mesmo na noite escura
Eles verão a Deus!
Filhos do Deus da paz,
Irmãos daquele que é a nossa paz,

Felizes os que lutam em paz e pela paz,
Os construtores
Da estranha paz do reino:
Deles é o shalom, o axé, a paz!

Felizes sois todos os perseguidos
Por causa da justiça,
Nas lutas pela terra do campo e da cidade, Nas lutas do trabalho,
Nas lutas pela vida.

Felizes vós, profetas,
Malditos do sistema,
Pichados pela ordem,
Jogados no escanteio do templo e do pretório

Felizes, alegrai-vos, o reino já é vosso! Felizes são os pobres,
Os meus pobres,
Os herdeiros do reino!


Pedro Casaldáliga

santo 09 de Outubro - São João Leonardo santo dia 09 10

09 de Outubro - São João Leonardo


O fundador do Instituto dos Clérigos Regulares da Mãe de Deus e da Congregação de Propaganda Fide foi inexplicavelmente recusado pela ordem franciscana. Ou melhor, foi uma providencial recusa, pois que este luquês, filho de Tiago e Joana Lippi — aprendiz de farmácia e estudante por conta própria, refugiado em Roma durante alguns anos, depois da ordenação sacerdotal —, teve ocasião de travar amizade com dois grandes santos, Filipe Néri e José Calasanz, e de fazer-se apreciar pelo Papa, que lhe confiou delicadas missões. No desempenho destas, suas qualidades de homem prudente e caridoso eram as mais indicadas para que ele servisse de mediador e restabelecesse a disciplina em antigos conventos onde se infiltrara o espírito alegre e gozador da vida do Renascimento.

Na juventude, João Leonardo, embora longe de casa e dos olhos vigilantes dos pais, estudante de medicina em Lucca, não se perdeu atrás de alegres companhias estudantis, mas, sob a guia do frade dominicano Bernardini, recolheu em torno de si alguns companheiros. Com estes, dedicou-se ao voluntariado para a assistência aos idosos abandonados e aos peregrinos.

Ordenado sacerdote, foi-lhe confiada a igreja de São João della Magione, onde pôs em prática um de seus audaciosos projetos, instituindo uma escola para o ensino da religião — primeiro núcleo da Congregação dos Clérigos Regulares, com sede junto à igreja de Santa Maria da Rosa.

O instituto foi aprovado em 1593, embora, como ficou dito, ele tivesse sido levado a afastar-se de Lucca por causa das manifestações de incompreensão (não raras na vida dos santos).

Em Roma, impelido pelo espírito missionário, excogitou e programou, com o espanhol Vives, uma congregação de sacerdotes que desenvolvessem seu apostolado entre os infiéis. Nascia, assim, a Congregação De Propaganda Fide, de Roma, destinada a influir profundamente na história missionária da Igreja universal.

João morreu em Roma a 8 de outubro; beatificado em 1861, foi inscrito no elenco dos santos em 17 de abril de 1938.

Nota De Falecimento Dona Faleceu Na Manha De Hoje A Senhora Rita Braz morreu nesta manhã

Na Manhã desta quinta-feira(08) veio a falecer, em sua residência no Alto de São José a senhora Rita Braz, mãe do Ex-Prefeito João LiraO corpo será velado em sua residência, no Alto de São José em Bom Jardim, de onde sairá seu enterro nesta sexta-feira(09) às 09h da manhã para o Cemitério Local.

A Família enlutada agradece a todos que comparecerem a esse ato de Fé Cristã.


Na Manhã desta quinta-feira(08) veio a falecer, em sua residência no Alto de São José a senhora Rita Braz, mãe do Ex-Prefeito João Lira

O Mister Formiguinha agora tem uma parceira especialista em Biscuit, 03 - 09 bolinhos do marcos 03 - de outubro 2015




O Mister Formiguinha agora tem uma parceira especialista em Biscuit, seu nome Crislane Aguiar , que faz para cada momento uma lembrança, e o seu sonho uma realidade. Para encomendas o cliente fica ciente que as peças são confeccionadas à mão O prazo para entrega só se inicia após confirmação do mesmo

novidades em breve








Homem flagra namorada com amante e incendeia o próprio apartamento

Homem flagra namorada com amante e incendeia o próprio apartamento


Suspeito disse que flagrou a namorada com um homem dentro de um carro.
Apartamento localizado em Praia Grande, SP, ficou totalmente destruído.


Um homem incendiou a própria casa em Praia Grande, no litoral de São Paulo, ao chegar na porta do prédio onde mora e encontrar a namorada com um suposto amante dentro de um carro estacionado no local. Os bombeiros foram acionados na manhã deste sábado (3) e controlaram as chamas. Ninguém ficou ferido.
Homem coloca fogo em apartamento após descobrir traição (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Homem coloca fogo em apartamento após descobrir
traição (Foto: Divulgação / Polícia Civil)
Segundo informações da Polícia Civil, o caso aconteceu no bairro Vila Tupi, quando o rapaz disse ter avistado a namorada dentro do carro de um outro homem. O suspeito resolveu não abordar a dupla e, ao subir no imóvel, colocou fogo nos cômodos.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, após incendiar o local o suspeito desceu e ficou no hall do prédio como se nada tivesse acontecido. A Polícia Militar foi chamada e o rapaz acabou sendo preso em flagrante enquanto os bombeiros apagavam o fogo.
A ocorrência foi registrada na Delegacia Sede de Praia Grande e, durante depoimento, o suspeito confessou que incendiou o imóvel para se vingar da namorada. O delegado Alexandre Comin disse que ainda deve ouvir a versão da companheira do rapaz sobre o ocorrido. Ele responderá por crime de incêndio e poderá, se condenado, pegar uma pena que varia de três a seis anos de prisão.

O pequeno é o maior no Reino dos Céus - Mt 18,1-5.10

O pequeno é o maior no Reino dos Céus - Mt 18,1-5.10



Naquela hora, os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Quem é o maior no Reino dos Céus?”. Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles e disse: “Em verdade vos digo, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus. Quem se faz pequeno como esta criança, esse é o maior no Reino dos Céus. E quem acolher em meu nome uma criança como esta, estará acolhendo a mim mesmo. Cuidado! Não desprezeis um só destes pequenos! Eu vos digo que os seus anjos, no céu, contemplam sem cessar a face do meu Pai que está nos céus”.

02/10 Toda a criação fala de ti Graças a ti, Senhor!

02/10 Toda a criação fala de ti
Graças a ti, Senhor!


Vemos o céu e a terra, a parte corpórea,
tanto superior como inferior,
e a criatura, feita de espírito e de corpo.
No ornamento dessas partes que compõem o universo,
vemos a luz criada, distinta da treva.

Vemos a beleza das águas que repousam nos mares,
e a terra árida, nua ou coberta de adornos,
mãe das ervas e das árvores.

Vemos os luzeiros a brilhar no alto, o sol de dia,
a lua e as estrelas que confortam a noite;
com eles se mede e se indica o passar do tempo.

Tua criação canta em teu louvor, para que te amemos,
e nós te amamos para que a criação te louve.

Todo o criado tem início e fim no tempo,
origem e decadência, perfeição e defeito,
potência e limite;
tem também sua manhã e a tarde que se segue,
secretamente ou sob a luz.

Foi criado por ti do nada, não da tua substância;
não de algo alheio a ti, ou anterior a ti,
mas de uma matéria concreta,
criada por ti ao mesmo tempo em que lhe davas forma.

A matéria do céu e da terra é uma coisa,
outra coisa é a beleza do céu e da terra;
tu as criaste juntas,
de tal forma que não há intervalo nenhum entre matéria e forma.


Santo Agostinho

santos dia 03de outubro São Dionísio Areopagita Século I

03 de Outubro - São Dionísio Areopagita



Os cristãos sempre sofreram intensas perseguições, chacinas e saques durante o transcorrer dos séculos, principalmente no início da formação da Igreja. Tanto que muitos dos escritos foram queimados ou destruídos de outra forma. Por isso a memória da Igreja, às vezes, tem dados insuficientes sobre a vida e a obra de santos e mártires do seu passado mais remoto. Para que essas poucas evidências não se perdessem, ela se valeu das fontes mais fiéis da literatura mundial, que nada mais são do que as próprias narrações das antigas tradições orais cristãs preservadas pela humanidade.

Interessante é o caso dos dois santos com o nome de Dionísio, venerados pelo cristianismo. A data de hoje é consagrada ao Areopagita, sendo, o outro santo, o primeiro bispo de Paris, festejado no dia 9 deste mês.

O Dionísio homenageado foi convertido pelo apóstolo Paulo (At 17,34) durante a sua pregação aos gregos no Areópago, daí ter sido agregado ao seu nome o apelido de Areopagita.

O Areópago era o tribunal supremo de Atenas, na Grécia, onde eram decididas as leis e regras gerais de conduta do povo. Só pertenciam a ele cidadãos nascidos na cidade, com posses, cultura e prestígio na comunidade. Dionísio era um desses areopagitas.

Nascido na Grécia, no seio de uma nobre família pagã, estudou Filosofia e Astronomia em Atenas. Em seguida, foi para o Egito finalizar os estudos da Matemática. Ao regressar a Atenas, foi nomeado juiz. Até ele chegou o apóstolo Paulo, quando acusado ante o tribunal em que se encontrava Dionísio.

Ao assistir à eloquente pregação de Paulo, Dionísio foi o primeiro a converter-se. Por isso conseguiu para si inimigos poderosos entre a elite pagã que comandava a cidade. Foi, então, que são Paulo acolheu o areopagita entre seus primeiros discípulos.

Logo em seguida, Dionísio foi consagrado pelo próprio apóstolo como bispo de Atenas. Nessa condição, ele fez muitas viagens a terras estrangeiras, para pregar e aprender a cultura dos outros povos. Segundo se narra, nessas jornadas, teria conhecido pessoalmente são Pedro, são Tiago, são Lucas e outros apóstolos. Além de os registros antigos fazerem referência sobre ele na Dormição e Assunção da Virgem Maria, a mãe do Filho de Deus.

Em Atenas, seus opositores na política conseguiram sua condenação à morte pelo fogo, mas ele se salvou, viajando para encontrar-se com o papa em Roma. Depois, só temos a informação do Martirológio Romano, na qual consta que são Dionísio Areopagita morreu sob a perseguição contra os cristãos no ano 95.