sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Donos de 'cinquentinhas' enfrentam muita fila para regularizar motos

Na sede do Detran, no Recife, a fila e a espera incomodam proprietários.
Órgão estendeu horário de atendimento e abre no sábado, para dar tempo.


Donos de motocicletas do tipo ‘cinquentinha’ estão enfrentando dificuldades para regularizar o veículo na sede do Departamento de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), no Recife. A partir do dia 11 de novembro, será obrigatório o emplacamento de todos os ciclomotores. Para isso, o órgão está fazendo vistorias – e o tamanho da fila impressiona quem passa pelo local. Mesmo com o horário de funcionamento do Detran estendido, a espera tem sido um incômodo. [Veja vídeo acima] “As pessoas vêem a fila de cinquentinhas e vão direto para a fila da vistoria. Nós preparamos uma equipe de de triagem, para ver se a documentação está adequada”, explicou o gerente de licenciamento do Detran, Helder Walter. O emplacamento obrigatório vale para todas as motocicletas compradas antes de julho, com potência menor ou igual a 50 cilindradas. Quem tem motos com até 49 cilindradas precisa pagar o licenciamento, a placa e o seguro DPVAT – todos os serviços juntos dão um total de R$ 222. De cinquenta cilindradas para cima, é necessário pagar, ainda, o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). As motocicletas compradas a partir do mês de julho já vieram emplacadas.   Fila é grande no Detran-PE para fazer a vistoria nas 'cinquentinhas' (Foto: Reprodução/TV Globo) Fila é grande no Detran-PE para fazer a vistoria nas 'cinquentinhas' (Foto: Reprodução/TV Globo) Outro problema é que algumas lojas de cinquentinhas fecharam sem fazer o registro dos veículos vendidos. Como os donos precisam da nota fiscal, enfrentam mais esse problema. Para tentar acelerar o atendimento destas pessoas, o Detran disponibilizou na internet uma declaração de posse das motos. O dono precisa imprimir o documento e preenchê-lo, para garantir que a moto é dele. O Charles Ribeiro, diretor-presidente do Detran, explica o procedimento. “O usuário preenche os dados do formulário. Se ele adquiriu de outra pessoa, há muito tempo, ele declara que adquiriu dessa  pessoa, assina, reconhece firma e traz pra gente licenciar”, detalha. Quem mentir, no entanto, pode ser preso. Apesar das filas e das reclamações, o prazo não vai ser prorrogado. O Detran estendeu o horário de atendimento nas unidades do estado até as 16h30, para dar mais tempo aos proprietários das cinquentinhas. Além disso, as agências abrem neste sábado (7), pela manhã e à tarde, no Detran do Recife nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans).Donos de motocicletas do tipo ‘cinquentinha’ estão enfrentando dificuldades para regularizar o veículo na sede do Departamento de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), no Recife. A partir do dia 11 de novembro, será obrigatório o emplacamento de todos os ciclomotores. Para isso, o órgão está fazendo vistorias – e o tamanho da fila impressiona quem passa pelo local. Mesmo com o horário de funcionamento do Detran estendido, a espera tem sido um incômodo. [Veja vídeo acima]
“As pessoas vêem a fila de cinquentinhas e vão direto para a fila da vistoria. Nós preparamos uma equipe de de triagem, para ver se a documentação está adequada”, explicou o gerente de licenciamento do Detran, Helder Walter.
O emplacamento obrigatório vale para todas as motocicletas compradas antes de julho, com potência menor ou igual a 50 cilindradas. Quem tem motos com até 49 cilindradas precisa pagar o licenciamento, a placa e o seguro DPVAT – todos os serviços juntos dão um total de R$ 222. De cinquenta cilindradas para cima, é necessário pagar, ainda, o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). As motocicletas compradas a partir do mês de julho já vieram emplacadas.


Fila é grande no Detran-PE para fazer a vistoria nas 'cinquentinhas' (Foto: Reprodução/TV Globo)
Fila é grande no Detran-PE para fazer a vistoria nas 'cinquentinhas' (Foto: Reprodução/TV Globo)
Outro problema é que algumas lojas de cinquentinhas fecharam sem fazer o registro dos veículos vendidos. Como os donos precisam da nota fiscal, enfrentam mais esse problema. Para tentar acelerar o atendimento destas pessoas, o Detran disponibilizou na internet uma declaração de posse das motos. O dono precisa imprimir o documento e preenchê-lo, para garantir que a moto é dele.
O Charles Ribeiro, diretor-presidente do Detran, explica o procedimento. “O usuário preenche os dados do formulário. Se ele adquiriu de outra pessoa, há muito tempo, ele declara que adquiriu dessa  pessoa, assina, reconhece firma e traz pra gente licenciar”, detalha. Quem mentir, no entanto, pode ser preso.
Apesar das filas e das reclamações, o prazo não vai ser prorrogado. O Detran estendeu o horário de atendimento nas unidades do estado até as 16h30, para dar mais tempo aos proprietários das cinquentinhas. Além disso, as agências abrem neste sábado (7), pela manhã e à tarde, no Detran do Recife nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans).

Sem comentários:

Publicar um comentário