sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Veja imagens da festa da torcida do Corinthians pelas ruas de São Paulo Time foi campeão brasileiro pela sexta vez após empate contra o Vasco. Torcedores que viram o jogo pela TV fizeram a festa.

Veja imagens da festa da torcida do Corinthians pelas ruas de São Paulo
Time foi campeão brasileiro pela sexta vez após empate contra o Vasco.
Torcedores que viram o jogo pela TV fizeram a festa.




Professora da UnB faz 'recitais' com piano dobrável em ruas do DF
A professora se apresenta amanhã, na sexta e no sábado. Apresentações gratuitas fazem parte de projeto de pequenos shows nas capitais do país.
Alexandre Bastos


 A professora de piano do Instituto de Artes da Universidade de Brasília, Jaci Toffano (Foto: Camila Calazans/Divulgação)
A professora de piano do Instituto de Artes da Universidade de Brasília, Jaci Toffano (Foto: Camila Calazans/Divulgação)
A professora de piano do Instituto de Artes da Universidade de Brasília (IdA-UnB), Jaci Toffano, faz apresentações de música clássica nas ruas do Distrito Federal. Nesta sexta, ela se apresenta na Praça do Relógio, em Taguatinga, às 17h, e no sábado, no Parque da Cidade, às 9h30. Para os espetáculos, a professora carrega seu piano dobrável, que reproduz som idêntico ao de um piano de cauda.
saiba mais
Show em Brasília une Orquestra de Blumenau e Renato Borghetti
Taguaparque, no DF, recebe projeto 'Vivo Música'
Ela diz que o instrumento é feito com tecnologia alemã para simular a sonoridade de um piano regular. A professora diz que que já aprendeu a montar e desmontar o instrumento, para facilitar as apresentações. “Viajo sozinha com meu piano, mas sempre que chego a alguma cidade tenho a ajuda de pessoas. Onde toco, há receptividade”, diz.
O piano foi construído em 2012, quando a professora conheceu o artista plástico Alex Pereira, responsável pela construção da réplica de piano de cauda. “Eu queria tocar livremente nos locais, sair pelas praças. Mas não sou violinista, nem trompetista. Um piano dificulta.”
O projeto teve início em outubro de 2015. Para viabilizar as apresentações, a professora se inscreveu em um edital de patrocínio da Fundação Verde Herbert Daniel (FVHD) e conseguiu o financiamento necessário. Além da Fundação, Jaci conta com apoio de parcerias pontuais em cada cidade. Em Brasília ela terá ajuda
Em 2015 a professora realiza apresentações em cinco capitais. Para o ano seguinte Jaci espera realizar espetáculos em pelo menos 15. “Meu sonho é fazer apresentações em todas as capitais. É algo em que eu acredito, levar música até as pessoas. É algo muito espontâneo, importante.”

Sem comentários:

Publicar um comentário