terça-feira, 26 de abril de 2016

Garoto de 11 anos que lutava contra câncer raro morre em Santos, SP Criança teria sua primeira consulta com um especialista nesta quarta-feira. Diego Mendes, de 11 anos, tinha apenas 5% da capacidade de respirar.

Garoto de 11 anos que lutava contra câncer raro morre em Santos, SP
Criança teria sua primeira consulta com um especialista nesta quarta-feira.
Diego Mendes, de 11 anos, tinha apenas 5% da capacidade de respirar.








O garoto Diego Mendes, de 11 anos, que estava internado há 10 dias na Santa Casa de Santos, no litoral de São Paulo, por conta de um tipo raro de câncer, morreu na tarde desta terça-feira (26). A criança teria sua primeira consulta com um especialista nesta quarta-feira (27).
Diego tinha apenas 5% da capacidade de respirar e sofria com a falta de médicos especialistas na doença para realizar o tratamento. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o último domingo (24).
saiba mais
Garoto com câncer raro e só 5% de respiração luta contra falta de médicos
Leia mais notícias da Baixada Santista e do Vale do Ribeira no G1
Segundo a mãe do garoto, Cristiane Regina Mendes, Diego já havia passado por três cirurgias em um período de quatro anos por causa do tumor de Wilms. “Na primeira cirurgia que fez, ele tirou o rim e metade do baço. Depois de seis meses de alta, a doença atacou o baço, pâncreas e pulmão. Após isso, ele acabou ficando com 5% de capacidade de respirar”, afirmou.
Segundo a família, o menino passou por uma intervenção cirúrgica, nesta terça-feira, para a retirada de um tumor que estava próximo ao coração. A cirurgia foi realizada emergencialmente porque o tumor ameaçava o funcionamento do órgão. No estágio inicial, o tumor de Wilms afeta um dos rins, antes de se espalhar pelo corpo.
O velório do garoto será realizado na própria Santa Casa de Santos, e o enterro no cemitério da Areia Branca, na região da Zona Noroeste da cidade.
tópicos:
Santos

Sem comentários:

Publicar um comentário