quarta-feira, 13 de abril de 2016

Paralisação deixa alunos da rede estadual sem aula nesta quarta

Professores fazem ato pelo pagamento do piso nacional da categoria.
Com o movimento, cerca de 600 mil estudantes ficarão sem atividades.



Os professores da rede estadual de educação de Pernambuco realizam paralisação de advertência nesta quarta-feira (13). Com o movimento, os docentes pressionam o governo pernambucano a conceder aumento salarial de 11,36%. Por causa da ação, cerca de 600 mil estudantes ficarão sem aulas.
Os docentes de Pernambuco  exigem o  cumprimento da lei de pagamento do piso nacional da categoria. Eles alegam que a norma determina o aumento nos vencimentos retroativo a 1º de janeiro deste ano.
A mobilização dos professores prevê a realização de um ato público, a partir das 14, em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco, no Centro do Recife.
Este ano, a categoria realizou ações pelo pagamento do piso salarial.  Em março, seguindo uma mobilização nacional, os professores da rede estadual de ensino cruzaram os braços por dois dias. 
O sindicato informou que adesão superou a marca dos 60%. De acordo com o governo, 13% das escolas ficaram fechadas.  A Rede Estadual possui 1.049 escolas distribuídas por todos os municípios de Pernambuco.

Sem comentários:

Publicar um comentário