segunda-feira, 9 de maio de 2016

Correios é notificado pelo Procon de João Pessoa por atrasos em entregas

Correios é notificado pelo Procon de João Pessoa por atrasos em entregas
Empresa vai ter prazo de 10 úteis para justificar atrasos.
G1 entrou em contato com a empresa, mas não teve respostas.

A Empresa de Correios e Telegráfios (ECT) está sendo notificada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de João Pessoa(Procon-JP) para dar explicações do atraso de correspondências que, segundo o órgão, vem ocorrendo nos últimos meses, principalmente boletos de pagamentos. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (9).
O Procon informou ainda que tem registrado um crescente número de denúncias por parte dos consumidores da capital paraibana. O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa do Correios, que disse que a empresa só deve ser pronunciar sobre o assunto na terça-feira (10).
A empresa vai ter um prazo de 10 dias úteis para apresentar uma justificativa à Secretaria. “Após analisar as justificativas da empresa, nossa Consultoria Jurídica dará um parecer sobre a questão”, informou Marcos Santos. Segundo o secretário do Procon-JP, Marcos Santos, se a explicação da ECT não for convincente, é passível de sanção, inclusive de multa.

O secretário comentou ainda que a explicação deve ser plausível e deve responder aos questionamentos dos consumidores, que reclamam que a correspondência atrasa muito e, muitas vezes, sequer chega às residências, se sentindo prejudicados porque os boletos chegam após o vencimento das contas. A notificação aos Correios se baseia nos artigos 4º, 20 e 22 do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Prejuízo
Marcos Santos salienta que o número de denúncias em relação a este problema vem crescendo no Procon-JP. “A maioria das pessoas que nos procura não tem acesso à internet e são realmente prejudicadas por pagarem as contas com atraso.

Sem comentários:

Publicar um comentário