sábado, 4 de junho de 2016

Estudante desaparecida é encontrada pela família em estrada de PE ATUALIZADO

Estudante desaparecida é encontrada pela família em estrada de PE
Adolescente de 17 anos foi levada para a GPCA, na Madalena, no Recife.
'Ela disse que não comia há mais de três dias', contou o pai da jovem ao G1.


A estudante de 17 anos que estava desaparecida desde a terça-feira (31) foi encontrada pela família na tarde deste sábado (4). Karlyn Aneska Macedo de Almeida Moreira enviou mensagens de texto para o celular do namorado informando que estava em uma estrada próxima à cidade de São Vicente Ferrer, no Agreste de Pernambuco, segundo a família. Após ser resgatada por parentes, a adolescente foi levada para a Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA) da Polícia Civil, localizada no bairro da Madalena, na Zona Oeste do Recife.

De acordo com o pai da adolescente, Karlyn estava bastante transtornada quando foi encontrada. "Após ela nos pedir socorro pelo celular, meu cunhado pegou o carro e foi buscá-la. Minha filha estava toda melada de sangue e disse que não comia há mais de três dias", afirmou o vigilante Robson de Almeida, de 37 anos.
saiba mais
Polícia investiga desaparecimento de estudante de 17 anos no Recife
A jovem tinha saído de casa às 6h da terça-feira para ir a um curso de Jovem Aprendiz na Escola Dom Bosco, na Avenida General San Martin, e foi vista pela última vez por volta das 17h após visitar um amigo que tem um estúdio de tatuagem no Edifício Teresa Cristina, na Praça Machado de Assis, na Boa Vista. A adolescente teria ido pedir dinheiro emprestado para ir até São Vicente Ferrer, pois teria um homem esperando por ela na rodoviária, de acordo com a mãe dela, Jacilene Faustino, de 40 anos.

O G1 tentou entrar em contato com a Polícia Civil para apurar mais detalhes sobre o depoimento da adolescente, mas não obteve retorno às ligações.


Sem comentários:

Publicar um comentário