sábado, 18 de junho de 2016

SÃO JOÃO COM PESSIMISMO DO COMÉRCIO E ANIMAÇÃO DOS CONSUMIDORES

SÃO JOÃO COM PESSIMISMO DO COMÉRCIO E ANIMAÇÃO DOS CONSUMIDORES


 Segundo pesquisa realizada pelo Instituto FECOMÉRCIO-PE, em parceria com o SEBRAE em Pernambuco, na RMR, Caruaru e Serra Talhada, os festejos juninos também sentem os impactos da retração da economia. A retração esperada é de 4%. Apenas 23,1% está otimista e acredita que as vendas irão aumentar. Dos empresários entrevistados, 39,8% acreditam que o volume de vendas deverá se repetir em relação ao ano passado, enquanto que 37,1% deles acreditam que a proporção será menor.
 A Capital do Agreste, destaque entre os roteiros turísticos para data, também sente o pessimismo. Dos empresários caruaruenses pesquisados, 35,3% acreditam que o volume de vendas será menor em relação a 2015. Da mesma forma, Serra Talhada, com 36% dos gestores esperando redução nas vendas. Na RMR, essa proporção equivale a 35,9%. Dentre os argumentos utilizados, o desemprego elevado é o principal motivo pelo qual os empresários não esperam boas vendas (60,8%). A inflação elevada aparece em seguida com 39%.
 Em relação à contratação temporária, 94% dos gestores entrevistados responderam evitar esse tipo de contrato. Na RMR apenas 4,6% dos consultados irão realizar admissões temporárias, enquanto que em Caruaru esse número é de 10,6% e em Serra Talhada eleva-se para 12%.
 Consumidores – Com os consumidores, a intenção de comemorar segue caminho oposto aos indicativos dos empresários. Dos pesquisados, 63,5% vão comemorar os festejos juninos. Em Caruaru, esse número sobe para 78,9%. Apenas 36,5% indicaram que não irão comemorar o São João e o principal motivo para isso foi à falta de dinheiro, com 22,9% das respostas.
 Para quem vai participar das festas juninas, a compra de produtos de uso pessoal figura entre as principais formas de comemoração (49,9%) – em Caruaru esse número sobe para 80,2%, enquanto a RMR apresenta 47,1% e Serra Talhada 10,8%. Em relação ao gasto médio na aquisição desses produtos, o consumidor prevê utilizar R$ 203,00.
 Em Caruaru, esse valor alcança R$ 246,00, enquanto que na RMR o gasto segue R$ 192,00 e em Serra Talhada o valor é de apenas R$ 43,00. Em seguida, a intenção de viajar também aparece em evidência (40,2%). Na RMR, a intenção de viagem alcança 47,1% das respostas, visto que a maior parte dos recifenses viaja ao interior para passar os dias de São João, enquanto que em Caruaru os consumidores pouco fizeram alusão a esse tipo de comemoração (5,4%), parcela que também segue baixa em Serra Talhada (18,9%).
 A ida a shows e boates também é uma das opções de comemoração, mas só aparece com 35,3% de intenção dos consumidores. Em Caruaru esse número sobe para 68,5%, enquanto que em Serra Talhada equivale a 32,4% e 30% na RMR. A celebração em bares, restaurantes ou lanchonetes também fica entre os índices mais baixos, com apenas 19,3%. Em Caruaru, essa intenção tem o maior registro, 63,1%, sendo seguido pela RMR, com 13,1%. Em Serra Talhada, não houve registro nessa forma de comemoração. A intenção de gasto para celebrar em bares ou restaurantes é de R$ 165,00, sendo na RMR R$ 200,00, e em Caruaru R$ 121,00. Ainda dentre as comemorações, em proporção ainda menor, estão às festividades caseiras, com 12,8% da intenção de comemoração.
Do: Blog Agreste Notícia

Sem comentários:

Publicar um comentário