sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Hospital é interditado por não ter autorização para funcionar em PE -02-09-2016-

Hospital é interditado por não ter autorização para funcionar em PE

Unidade hospitalar tinha problemas estruturais em Palmares, na Mata Sul.
Interdição cautelar tem duração de 90 dias, diz presidente da Apevisa.


Hospital foi interditado nesta sexta-feira (2) em Palmares (Foto: Reprodução/Whatsapp)


Um hospital particular de Palmares, na Mata Sul de Pernambuco, foi interditado nesta sexta-feira (2). De acordo com a Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária, foram encontrados problemas na estrutura física e nos equipamentos da unidade. O presidente da Apevisa, Jaime Brito, afirmou que o hospital não tem autorização do órgão para funcionar.
O G1 tentou entrar em contato com o hospital, mas até a publicação desta matéria não obteve resposta.

Jaime Brito afirmou que o hospital apresentava "péssimas condições estruturais no berçário, no bloco cirúrgico, no setor de esterelização e na lavandeira". Ele explicou que a interditação cautelar tem um prazo de 90 dias. Segundo ele, no período o hospital pode avaliar e corrigir as irregularidades. Após os três meses, será realizada nova visita à unidade. "O hospital só volta a funcionar após adequações necessárias", afirmou.
O hospital funciona dois dias na semana, nas segundas e sextas-feiras para fazer cesarianas, conforme o presidente da Apevisa. "Hoje não encontramos nenhum paciente, apenas o diretor e um funcionário na recepção". Ele disse que foi realizada uma vistoria conjunta, hoje, da Apevisa com o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe).

Sem comentários:

Publicar um comentário